Estímulos ajudam crianças com Síndrome de Down a se desenvolverem melhor


Crianças com Síndrome de Down têm desenvolvimento físico, mental e intelectual mais lento e por isso precisam de estímulo precoce para realizar atividades como sentar, falar e andar. Quanto mais cedo os pais trabalharem estímulos com a criança, melhor será o crescimento do filho.

— Para os pacientes portadores da Síndrome de Down é importante que o estímulo seja realizado de forma contínua para ajudar nas limitações decorrentes da condição genética. A estimulação precoce ajuda no desenvolvimento e, acima de tudo, na interação social — afirma Nathália Jereissati, psicóloga e coordenadora do Centro de Apoio Familiar do Prontobaby.

A síndrome é causada pela pela presença de três cromossomos 21 nas células. Isso ocorre no momento da concepção da criança. As pessoas com Down têm 47 cromossomos em suas células em vez de 46, como a maior parte da população.

— Além dos atrasos globais de desenvolvimento, a criança com a síndrome também aumenta o risco do desenvolvimento de infecções, de câncer, de problemas cardíacos, baixa estatura e obesidade — detalha Clay Brites, pediatra e neurologista infantil do Instituto NeuroSaber.

De acordo com o médico, ao receber o diagnóstico do filho com Down os pais devem buscar muitas informações sobre a condição.

— A partir do momento em que a síndrome é descoberta, é preciso fazer uma avaliação multidisciplinar para que possamos oferecer um acompanhamento médico e não médico para favorecer um desenvolvimento pleno desta criança — finaliza Clay.

Como estimular a criança

Recém-nascidos

Brincadeiras e carinhos devem ser feitos com a criança deitada, já que ela tem o corpo mais mole e dificuldade de firmar o pescoço.

Brinquedos

Use sempre brinquedos coloridos e que façam barulho para desenvolver a visão e audição da criança.

Massinha

Brincar de massinha ajuda a criança a desenvolver sua coordenação motora.

Exercícios adequados

Crianças com Down tem mais dificuldade de correr. A natação seria um esporte melhor para elas

Fonte: Extra

Últimas notícias

Gengibre possui componentes que ajudam no tratamento de Alzheimer e Parkinson

6 de setembro de 2019


Claudia Leitte mostra ordenha durante a mamada: quando fazer e quais os benefícios

4 de setembro de 2019


Maternidade real: o bebê chegou em casa… E agora?

30 de agosto de 2019


Como ficam as crianças que presenciam a mãe sendo agredida?

27 de agosto de 2019


Bebê nasce com DIU enrolado no cabelo

26 de agosto de 2019